Amsterdam - 2011-5-10 - 4:45 PM - Mulheres clamam por um outro tratamento às vitimas de assédio sexual

No segundo dia da Conferencia Internacional da Decisões pela Vida a acontecer em Amesterdão, as mulheres clama por um tratamento mais firme e sério à casos de assédio sexual no Mundo.

Já no seu segundo dia de trabalhos, os participantes da Conferência Internacional de Mulheres Jovens Trabalhadora, lamentam que, apesar de as mulheres ganharem coragem de denunciar casos de assédio sexual, as vítimas ainda são tratadas como se de criminosas fossem.

Falando no caso do Zimbabwe, Fiona Gandiwa Magaya, Coordenadora do Genero da Confederação das Associações Sindicais Zimbabweana, disse "No Zimbabwe quando uma mulher queixa-se as autoridades sobre um caso de assédio sexual, apesar de ser uma vítima, a mulher ainda se sente como se de uma criminosa tratasse. Os agendes da lei e ordem começam por inquirir a mulher, procurando saber, por exemplo, o tipo de roupa que trazia no momento do assédio, se a vítima teria se comportado de forma que tivesse sugerido o tal comportamento do abusador ou da pessoa que teria assediado, entre outras perguntas embaraçosas.” Fiona acrescentou que, por causa disso, as mulheres sentem-se inseguras para reportar tais casos, por ser literalmente impossível lograr algum sucesso consequente.

As mulheres devem ser protegidas

É triste que esse hábito por policiais que supostamente deviam proteger essas mulheres continue. Já é suficientemente mau passar pelo calvário de ser assediado sexualmente. Mas é ainda pior quando a mulher começa finalmente a coragem de falar, colocar os seus medos de lado, e ter que passar por essas todas sevícias adicionais.

O assédio sexual é uma questão muito delicada e deve ser tratado como tal. Depois que uma mulher ter já passado por tal, ela nunca é a mesma. O mínimo que pode ser feito é a concessão da justiça às vítimas, mas infelizmente isso não está acontecendo. Infelizmente, por causa disso, só muito poucas mulheres se tem armado de coragem bastante para participar casos relacionados as autoridades legais.

O assédio sexual em contexto

O assédio sexual é um dos males que ainda permeia a maioria das jovens trabalhadoras em todo o mundo. Lidar com isso exigirá não apenas um esforço concertado, mas também ações contextualizadas, uma vez que em certas regiões como a África, o assunto é fortemente influenciado por certas práticas culturais, algumas delas permissivas a actos que poderiam ser consideradas como assédio.

Thousands of 'Young Women' reached through the Decisions for Life campaign

IMPACT:HighMediumLowTOTAL
Africa
Angola 109 70 0 179
Mozambique 296 36 0 332
South Africa 606 1840 2554 5000
Zambia 83 21 0 104
Zimbabwe 16 637 0 653
Americas
Brazil 1199 60 5170 6429
Asia
India 94 1015 3500 4609
Indonesia 254 81 1000 1335
NIS Countries
Azerbaijan 408 360 172 940
Belarus 2314 5380 68000 75694
Kazakhstan 1186 0 640 1826
Ukraine 649 68 550 1267
TOTAL 7214 9568 81586 98368

Facebook

loading...

 


ITUC

UNI

UvA

WageIndicator

Loading...